Cursos 24 Horas

Cursos Online 24 Horas

Cursos Online com Certificado - Educação a Distância - Cursos 24 Horas

Cursos 24 Horas

Cursos Online na Área de Comunicação e Marketing

Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa
Cursos Online com Certificado - Portal de Cursos Rapidos
Cursos Online
Carlos Souza - Cultura & Pensamento


Formação do Escritor

Luís Pimentel ministra oficina literária em Salvador

 

Inicialmente a oficina seria realizada em maio, mas foi transferida para os dias 10 e 11 de junho.

 

 

 

Autor de mais de 50 livros publicados, o escritor baiano radicado no Rio de Janeiro desde 1975, Luís Pimentel, realiza pela primeira vez em Salvador, nos dias 10 e 11 de junho (sexta - à noite e sábado - durante o dia), sua tradicional Oficina Literária de Prosa & Verso. As aulas ocorrerão no Max Center – Itaigara e são destinadas a escritores com alguma experiência, autores iniciantes, candidatos a escritores, ou mesmo quem deseja, apenas, adquirir uma boa formação sobre a literatura e os seus principais representantes. O escritor Luís Pimentel vem a Salvador através de uma parceria com o jornalista Carlos Souza Yeshua, que coordenará a oficina e será também o responsável pelas inscrições. Os interessados em participar dessa introdução a “Formação do Escritor” devem fazer contato através do e-mail: carlossouzamkt@hotmail.com para obter as informações completas sobre o valor do investimento. A carga horária será de nove horas, com direito a certificado. As vagas são limitadas!

Durante as aulas, os participantes receberão orientação de como elaborar roteiros de leitura, gerais e específicos de obra de autores de ficção, de poesia e de textos infanto-juvenis, de acordo com a sua vocação literária, além de vivenciar exercícios temáticos para o desenvolvimento da escrita criativa de cada um. Aos oficinandos – aqueles interessados na prática literária – cabe à feitura de um texto literário, encomendado no primeiro dia para ser lido no segundo dia da oficina, em prosa ou poesia, a partir de tema livre ou sugerido pelo professor, para leitura, discussão e comentários em grupo. Será priorizado o estudo de autores nacionais.

     Luís Pimentel - É jornalista, escritor e dramaturgo. Formado em Comunicação Social, é roteirista de televisão formado no Primeiro Curso de Autor-Roteirista da Rede Globo (onde atuou depois, como redator, em vários programas humorísticos).  Trabalhou em diversas redações de jornais e revistas do Rio de Janeiro (Jornal do Brasil, O Dia, Extra, Bundas, Opasquim21, entre outros) e tem mais de 50 livros publicados, entre contos, poesia, ficção infanto-juvenil, textos de humor e textos teatrais.

     Por sua obra literária já recebeu diversos prêmios nacionais, como o Literatura Para Todos, do MEC; Prêmio Cruz e Souza, da Fundação Cultural de Santana Catarina; e Prêmio Nacional de Dramaturgia Cidade de Belo Horizonte. Luís Pimentel ministrou e ministra oficinas literárias em diversas instituições no Rio de Janeiro (Estação das Letras, Centro Cultural da Light, Espaço Telezoom etc), em Feiras e Bienais por vários estados brasileiros.

 

SERVIÇO:

O quê: Oficina Literária - Prosa & Verso, com o escritor Luís Pimentel.

Onde:  No Max Center – Itaigara, Salvador / BA.

Quando: Dias 10 e 11 de junho de 2016 (sexta - à noite e sábado - durante o dia).

Investimento: Consultar o coordenador.

Informações: (71) 98122-7231 / carlossouzamkt@hotmail.com / http://carlossouza.zip.net/

 

 



Escrito por Carlos Souza às 19h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Morgana Gazel realiza lançamento do livro Chuvas de Verão

Morgana Gazel realiza lançamento do livro Chuvas de Verão

Em seu mais novo livro, Morgana Gazel traz contos, crônicas, artigos e percepções inusitadas sobre a vida.

 

No próximo dia 20 de maio (sexta-feira), a partir das 19h, será realizado na livraria Saraiva do Shopping da Bahia, o lançamento de Chuvas de Verão, o mais novo livro da escritora e poetisa Morgana Gazel. Chuvas de Verão é um livro de contos, crônicas, artigos e pensamentos. Estes últimos construídos através da observação de experiências da vida, por isso também denominado "percepções inusitadas sobre a vida". Os artigos foram todos publicados no jornal A Tarde. Assim como nas publicações anteriores, a escritora reafirma seu objetivo de escrever como forma de contribuir para a autotransformação dos leitores.

Morgana Gazel é psicóloga e escritora, autora de poemas, contos, crônicas, artigos e romances. Como romancista, seu primeiro projeto é uma trilogia de histórias independentes, iniciada com o livro Enseada do Segredo. O segundo, publicado em 2013, é Liberdade Negada. O terceiro é A Carta da Mãe, que deve ser publicado em 2016/2017. Para ela “escrever é uma forma de nos libertarmos do falso silêncio, pois nossa mente não para de tagarelar”. Tem também publicado o livro de poesia Criação. Para Gazel, seu mais novo livro de contos, crônicas, artigos e pensamentos são como Chuvas de Verão, chegam sem aviso.

Em sua trajetória literária, ministrou palestras sobre “O Poder de Transformação da Literatura”, em diversos espaços de Salvador e em Jequié. Com seu poema Mundo, recebeu o Prêmio Literário - Literarte 2012, em Petrópolis; e Honra ao Mérito, pelo CEPA, com o poema Aletologia.  Participou de feiras literárias, mesas redondas e projetos como o Fala Escritor, sempre levantando a bandeira da importância de uma boa leitura.

Possui uma história de vida muito interessante. Na infância e adolescência, residiu no bairro de Alagados. Como primeira formação profissional, fez o curso técnico de química industrial, na antiga Escola Técnica Federal da Bahia, atual IFBa. Anos depois, graduou-se em matemática, pela UFBA. No entanto, em vez de lecionar, fez treinamentos em informática e, por treze anos, exerceu a profissão de analista de sistemas. Nesta época, interessava-lhe uma sobrevivência menos dura do que a de sua infância e adolescência. Mas isto não lhe bastava, tanto que, nas horas vagas, fazia poesias. Buscando, então, uma atividade que atendesse a suas demandas íntimas, tornou-se psicóloga, também pela Universidade Federal da Bahia. Vários anos depois de prática nesta profissão, instigada pelo desejo de contribuir para a ampliação da consciência de um grande número de indivíduos e considerando que, para isso, a ficção seria a linguagem mais apropriada, resolveu contar histórias imaginárias.

 

SERVIÇO:

O quê: Lançamento livro Chuvas de Verão, de Morgana Gazel.

Onde: Livraria Saraiva – Shopping da Bahia (Espaço Glauber Rocha), Salvador / BA.

Quando: Dia 20 de maio (sexta-feira), às 19h.

Entrada: Gratuita.

Editora: Agilite Publicações & Interatividade. Páginas: 110. Valor: R$ 30,00  

Informações: carlossouzamkt@hotmail.com

 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 00h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A décima primeira praga

A décima primeira praga

Carlos Souza

Jornalista

carlossouzamkt@hotmail.com

 

 

O Brasil assistiu recentemente à novela bíblica “Os Dez Mandamentos”, da Rede Record. Pela primeira vez no país foi exibida uma novela com essa temática e pelo nível de audiência o brasileiro aprovou. O sucesso foi tanto que a Record foi além da telinha e levou o folhetim para telona, atingindo cerca de 10 milhões de espectadores. Embora o ponto alto da história seja a abertura do Mar Vermelho, as dez pragas também são um momento elevado da produção, protagonizando um verdadeiro duelo de deuses. De um lado Ramsés, que se denominava o Hórus vivo na Terra e toda sua coleção de deuses. Do outro, Moisés representando o Deus de Israel. As pragas enviadas por Deus visavam à libertação do povo de Israel, escravizados pelo Faraó, além de mostrar seu poder através de um duelo direto com os deuses egípcios.

Mas o que esta história dos hebreus e egípcios tem a ver com o Brasil? Fazendo uma analogia com a novela/filme e a história original da Bíblia é possível chegar a seguinte conclusão: O Brasil também está sendo atingido por uma praga. O nosso país foi acometido pelo mosquito Aedes aegypti, que já vinha maltratando os brasileiros com a dengue e agora ampliou a maldição com a Chikungunya, a Zika e suas doenças correlacionadas como a Síndrome de Guillain-Barré e a Microcefalia.

Podemos considerar o Aedes aegypti  como a 11ª praga egípcia que veio para assombrar o Brasil (embora esta não seja a única que nos assusta neste momento). As pragas originais eram cessadas toda vez que o Faraó negociava com Moisés, prometendo assim libertar o povo. Em nosso caso, que já não é só nosso, porque a praga já se propagou praticamente por toda América, além de pedir ao Deus de Israel (que também é brasileiro), que nos ajude a vencer este maldito mosquito, temos que fazer a nossa parte, pois se depender dos governantes, que são os principais responsáveis pelas pragas, todos estarão perdidos.

    

 

Artigo publicado no jornal A Tarde. Salvador, Domingo, 10/04/2016. Opinião, A2.



Escrito por Carlos Souza às 16h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Luís Pimentel ministra oficina literária em Salvador

Luís Pimentel ministra oficina literária em Salvador

 

O escritor baiano radicado no Rio de Janeiro desde 1975, Luís Pimentel, ministra pela primeira vez em Salvador, sua tradicional Oficina Literária de Prosa & Verso, nos dias 20 e 21 de maio (sexta - à noite e sábado - durante o dia). O curso prático é destinado a escritores com alguma experiência, autores iniciantes, candidatos a escritores, ou mesmo a quem deseja, apenas, adquirir uma boa formação sobre a literatura e os seus principais representantes.

O escritor Luís Pimentel vem a Salvador através de uma parceria com o jornalista Carlos Souza Yeshua, que coordenará a oficina e será também o responsável pelas inscrições. Os interessados em participar dessa introdução a “Formação do Escritor” devem fazer contato através do e mail: carlossouzamkt@hotmail.com ou 71 9 8122-7231, para obter as informações completas sobre o valor do investimento. A carga horária será de nove horas, com direito a certificado. As vagas são limitadas!

Durante as aulas, os participantes receberão orientação de como elaborar roteiros de leitura, gerais e específicos de obra de autores de ficção, de poesia e de textos infanto-juvenis, de acordo com a sua vocação literária, além de vivenciar exercícios temáticos para o desenvolvimento da escrita criativa de cada um.

Aos oficinandos – aqueles interessados na prática literária – cabe à feitura de um texto literário, encomendado no primeiro dia para ser lido no segundo dia da oficina, em prosa ou poesia, a partir de tema livre ou sugerido pelo professor, para leitura, discussão e comentários em grupo. Será priorizado o estudo de autores nacionais.

     Luís Pimentel - É jornalista, escritor e dramaturgo. Formado em Comunicação Social, é roteirista de televisão formado no Primeiro Curso de Autor-Roteirista da Rede Globo (onde atuou depois, como redator, em vários programas humorísticos). Trabalhou em diversas redações de jornais e revistas do Rio de Janeiro (Jornal do Brasil, O Dia, Extra, Bundas, Opasquim21, entre outros) e tem mais de 50 livros publicados, entre contos, poesia, ficção infanto-juvenil, textos de humor e textos teatrais.

     Por sua obra literária já recebeu diversos prêmios nacionais, como o Literatura Para Todos, do MEC; Prêmio Cruz e Souza, da Fundação Cultural de Santana Catarina; e Prêmio Nacional de Dramaturgia Cidade de Belo Horizonte. Luís Pimentel ministrou e ministra oficinas literárias em diversas instituições no Rio de Janeiro (Estação das Letras, Centro Cultural da Light, Espaço Telezoom etc), em Feiras e Bienais por vários estados brasileiros.

 

SERVIÇO:

O quê: Oficina Literária - Prosa & Verso, com o escritor Luís Pimentel.

Onde:  Em Salvador / BA.

Quando: Dias 20 e 21 de maio de 2016 (sexta - à noite e sábado - durante o dia).

Investimento: Consultar o organizador.

Informações: (71) 98122-7231 / carlossouzamkt@hotmail.com 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 23h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




     Prorrogada as inscrições para Carta ao Presidente


 

As inscrições para o III volume do livro Carta ao Presidente foram prorrogadas até o próximo dia 5 de março de 2016. Interessados em integrar a publicação podem participar com gêneros textuais como poesia, conto, crônica, ensaio, cordel, fábula, carta ou matéria jornalística; porém o conteúdo deve ser de cunho político ou social. A obra, organizada pelo jornalista Carlos Souza Yeshua, é um espaço aberto para qualquer cidadão que deseja mostrar sua opinião sobre questões que afetam a vida do brasileiro, além disso, também podem propor aos dirigentes da nação, sobretudo à presidente Dilma Rousseff, ideias e soluções para o país que atualmente vive um momento de crise política e econômica. Interessados em participar devem fazer contato através do e-mail: carlossouzamkt@hotmail.com, ou visitar o blog http://carlossouza.zip.net/, onde poderá obter as informações completas sobre o projeto.

Embora o livro tenha o título “Carta ao Presidente”, à publicação não é destinada apenas a dirigente maior da nação, mas a todos os políticos brasileiros (vereadores, prefeitos, governadores, deputados, senadores) que foram eleitos pelo voto e teoricamente estão a serviço da sociedade. O organizador enfatiza que Carta ao Presidente é na verdade, um exercício de cidadania, na qual escritores, poetas, jornalistas, professores, estudantes, advogados, médicos, historiadores, ou qualquer outro profissional pode expressar-se politicamente.

Lançamentos – A primeira edição de Carta ao Presidente foi lançada na XXI Bienal Internacional do Livro de São Paulo, seguido por lançamentos em Salvador (BA) e na I Bienal do Livro do Paraná, em Curitiba. O segundo volume também foi lançado em São Paulo, na XXII Bienal Internacional do Livro e ainda na IX Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, em Recife, na IV Festa Literária de Marechal Deodoro-FLIMAR, em Alagoas, na I Festa Literária do Sertão de Jequié (BA), além de Salvador, Feira de Santana e Brasília, na Capital Federal. A nova edição não será diferente, diversos lançamentos serão realizados na Bahia e outros estados.

Organizador - Carlos Souza Yeshua é jornalista, profissional de marketing e atua na área de assessoria de imprensa para escritores e instituições culturais. Autor dos livros João Alfredo Domingues - Pau pra toda obra: A saga de um português em terras angolanas e brasileiras e Revolução Pessoal – Seu Próximo Desafio. É organizador de Carta ao Presidente, I e II e do Dicionário de Escritores Contemporâneos da Bahia (Editora CEPA, 2015).

SERVIÇO:

O quê: Inscrições para o terceiro volume do livro Carta ao Presidente.

Onde:  Salvador /BA. (carlossouzamkt@hotmail.com).

Quando: Até o dia 05 de março de 2016.

Investimento: Consultar o organizador.

Informações: (71) 98122-7231  



Escrito por Carlos Souza às 15h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




     ......................



Escrito por Carlos Souza às 15h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Efeito reverso


Carlos Souza 

Jornalista

carlossouzamkt@hotmail.com 

 

Assistimos em 2015 à saga de milhares de pessoas tentando entrar na Europa fugindo da fome, perseguições, guerras e, sobretudo do terrorismo que se instalou no Oriente Médio. Primeiro, africanos atravessaram o mar em embarcações precárias rumo à Grécia, Itália, Espanha e Malta. Em seguida, os sírios fugiram da guerra em seu país, também em busca de abrigo no velho continente. Quem não se lembra da triste cena do pequeno Aylan Kurdi, o menino sírio de 3 anos, morto numa praia da Turquia, durante viagem à Grécia? 

É lamentável que em pleno século 21 ainda existam tiranos que se apropriam do poder em benefício próprio e atormentem o povo, quando deveriam protegê-lo, e fazem isso através da fome, desemprego, violência e guerra, como têm ocorrido com os refugiados que vão à Europa em busca de sobrevivência. Os governos corruptos empurram seu povo para além-fronteiras e ninguém deseja recebê-los.

Até certo ponto é compreensível que os países ricos se recusem a abrigar esses refugiados, principalmente em um momento de crise econômica. No entanto, nada justifica negar ajuda humanitária a quem foge da morte, não é justo deixar aquelas pessoas morrerem sem um mínimo de auxílio, faz-se necessário um gesto de humanidade dos europeus para com os africanos, sírios ou qualquer outro povo que busque socorro em seu território.  

Existe um fato histórico que merece ser levado em consideração.  Os europeus - Inglaterra, Holanda, Portugal, Espanha, França, Itália, Alemanha - durante muito tempo invadiram e colonizaram todos os continentes. Levaram para estes locais o pior de si e tiraram o melhor. Encheram seus cofres à custa desses povos dominados. Agora é a vez de devolver um pouco dessa riqueza, acolhendo as pessoas que fogem da miséria. Afinal, boa parte do caos que tomou conta dos seus países de origem tem muito a ver com os efeitos da predatória colonização. Lembramo-nos que “para toda ação há sempre uma reação”. 

 

Artigo publicado no jornal A Tarde. Salvador, segunda-feira, 8/2/2016. Opinião, A3.

 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 03h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Aos leitores da Bahia

 

Certa feita eu organizei um curso rápido voltado para pessoas interessadas em escrever ficção. No final da aula um dos participantes me fez uma pergunta que a princípio não acreditei, de tão surreal que me parecia àquela interrogação e então pedi que repetisse: “Na Bahia tem escritor?”, perguntou-me. Por mais que me surpreendesse esta é a realidade quando um leitor comum pensa em escritores da Bahia. Se referindo à terra de Castro Alves, os nomes que geralmente são lembrados são: Jorge Amado, João Ubaldo Ribeiro, Gregório de Mattos e para por aí.

Quanto à pergunta feita pelo aprendiz de escritor, lhe respondi que a Bahia tem escritores sim e muitos; dezenas, centenas que eu poderia lhe apresentar. Trago este episódio para ilustrar o quanto os escritores da Bahia são desconhecidos e, portanto pouquíssimos são lidos em sua terra natal. Por esta razão, que gostaria de sugerir aos leitores que dessem um voto de confiança aos conterrâneos e os colocassem em suas listas de leitura, pois temos autores de altíssimo prestígio, que são ganhadores de prêmios locais e nacionais, justamente pela qualidade de seus trabalhos.

Sei que alguns livros não serão facilmente encontrados nas livrarias, primeiro porque a maioria delas desapareceu e ficaram apenas as grandes redes, que nem sempre valorizam o autor local facilitando a inclusão de suas obras nas lojas. Mesmo assim, conclamo os leitores a procurarem nas megastore os escritores baianos, pois desse modo, haverá mais interesse dessas livrarias em abrir espaço para os “nossos” livros.

Como sugestão quero destacar alguns nomes que vale a pena conhecer, pois são escritores consagrados que o leitor não se arrependerá em ler suas obras em prosa ou poesia. Para começar indico Carlos Ribeiro, Ruy Espinheira Filho, Antônio Torres, Morgana Gazel, Cyro de Mattos, Aleilton Fonseca, Florisvaldo Mattos, Aramis Ribeiro Costa. Outra dica é conhecer o Dicionário de Escritores Contemporâneos da Bahia (CEPA 2015), que traz 215 autores, com estilos e gêneros que atendem a todos os gostos de leitura.

Carlos Souza Yeshua

Jornalista

 

Artigo publicado no jornal Folha do Norte. Feira de Santana-Bahia, quinta-feira, 31 de dezembro de 2015. VARIEDADES – Página 04.

file:///C:/Users/Carlos%20Souza/Desktop/31.12.pdf



Escrito por Carlos Souza às 23h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A nova Carta ao Presidente



Projeto literário abre inscrições para interessados em escrever para os políticos brasileiros

 

O livro Carta ao Presidente, que teve o primeiro volume publicado em 2010 e o segundo em 2012, agora abre inscrições para o terceiro volume. Organizado pelo jornalista Carlos Souza Yeshua, a obra é um espaço onde escritores, poetas, jornalistas, professores, advogados, médicos ou qualquer outra pessoa pode aproveitar o momento político atual para mostrar sua indignação através da palavra.

Como nas edições anteriores, os gêneros textuais que serão publicados podem ser: poesia, conto, crônica, ensaio, cordel, fábula, carta ou reportagem jornalística; contudo que o tema gire em torno de questões políticas ou sociais. As inscrições vão até o dia 05 de fevereiro de 2016. Interessados em participar devem fazer contato, através do e-mail: carlossouzamkt@hotmail.com ou http://carlossouza.zip.net/, onde também poderá obter as informações completas sobre o projeto.

Embora o livro tenha o título Carta ao Presidente, à publicação não é dirigida apenas ao chefe maior da nação, ou a chefe, neste caso a presidente Dilma Rousseff, mas a todos os políticos (vereadores, prefeitos, governadores, deputados, senadores) que são eleitos pelo voto e deveriam estar a serviço da sociedade. E não para por aí, Carta ao Presidente é na verdade, um exercício de cidadania que convida o cidadão a ficar mais atento e não deixar a política somente na mão dos políticos.

 “O Brasil vive um momento atípico, com a crise política e econômica que tem levado o país a recessão. Desde 2013 os brasileiros têm saído às ruas para protestar contra diversos problemas, entre eles, a corrupção generalizada que tem paralisado a nação. Carta ao Presidente é nossa forma de protestar, sugerir e expressar nossa opinião em relação às questões que estão maltratando os brasileiros”. Pontua o organizador do livro, Carlos Yeshua, que acrescente ainda: “Faça como Temer, escreva uma carta a presidente”.

Lançamentos – A primeira edição do livro Carta ao Presidente foi lançada na XXI Bienal Internacional do Livro de São Paulo, seguido por lançamentos em Salvador (BA) e na I Bienal do Livro do Paraná, em Curitiba. O segundo volume também foi lançado na XXII Bienal Internacional do Livro de São Paulo, e ainda na IX Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, em Recife, IV Festa Literária de Marechal Deodoro-FLIMAR, em Alagoas, I Festa Literária do Sertão de Jequié (BA), além de Salvador, Feira de Santana e Brasília, Capital Federal. A nova edição não será diferente, diversos lançamentos serão realizados na Bahia e outros estados.

Organizador - Carlos Souza Yeshua é jornalista, profissional de marketing e atua na área de assessoria de imprensa para escritores e instituições culturais. Autor dos livros João Alfredo Domingues - Pau pra toda obra: A saga de um português em terras angolanas e brasileiras e Revolução Pessoal – Seu Próximo Desafio. É organizador de Carta ao Presidente, I e II e do Dicionário de Escritores Contemporâneos da Bahia (Editora CEPA, 2015).

 

SERVIÇO:

O quê: Inscrições para o terceiro volume do livro Carta ao Presidente.

Ondecarlossouzamkt@hotmail.com. Salvador /BA.

Quando: Até o dia 05 de fevereiro de 2016.

Investimento: Consultar o organizador.

Informações: (71) 98122-7231 /  http://carlossouza.zip.net/

 

 

 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 13h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Banda Conexão Kadma e Quarteto da Luz abrem segunda temporada do Gospel Made in Bahia

 

O Talk Show Gospel Made in Bahia apresentado pelo jornalista Carlos Souza Yeshua inicia 2ª temporada neste sábado, dia 6 de junho, às 18h, no Espaço Glauber Rocha da livraria Saraiva do Shopping da Bahia (antigo Iguatemi). Para a 1ª edição de 2015, o projeto receberá o Ministério Família Quarteto da Luz, que apresentará canções do CD “Juventude” e a Banda Conexão Kadma, que mostrará composições do seu 1º CD “Encontro com Deus”. Além das apresentações musicais, os grupos falarão sobre suas carreiras artísticas e do cenário da música gospel da Bahia.  A programação cultural é gratuita e aberta ao público.

Fundada em 2014, a Banda Conexão Kadma vem conquistando seu espaço e consolidando seu ministério de louvor & adoração, com seu estilo que vai do forró gospel a adoração. O grupo já participou de eventos importantes como Clama Catu, Abala Camaçari, Marcha para Jesus, na cidade de Ubaíra (BA), dentre outros. No momento entre seus projetos de expansão, a banda trabalha na preparação do 2º CD.

O Ministério Família Quarteto da Luz é formado por quatro integrantes: Isaac, Adilce, Priscila e Hellen Dilce. Foi fundado no ano de 2000, no qual tinha o objetivo de pregar e anunciar o evangelho das boas novas da salvação. O grupo possui quatro CD's, que por ajuda de Deus conseguiu produzir durante toda essa jornada. O integrante Isaac teve sua origem ao lado do conjunto Filho da Luz, considerado o primeiro conjunto evangélico da Bahia, alcançando muitas vidas através do nome de Jesus Cristo. O conjunto era completo e possuía todos os instrumentos que na época não era permitida dentro de uma igreja, como: baixo, guitarra, bateria e teclado. 

O Gospel Made in Bahia é um projeto musical que tem o objetivo de adorar a Deus e propagar seu reino na terra, além de apresentar ao público soteropolitano o trabalho de artistas da música gospel da BahiaEste ano o projeto vem com novidades, cada edição contará com a participação de dois cantores/bandas convidados; diferente do ano passado, quando havia apresentação apenas de um convidado.

Transmissão ao vivo - Quem estiver fora de Salvador no dia do evento pode acompanhar tudo ao vivo pela Web Rádio Internacional IMECD, através do link: http://igrejamissionariaencontrocomdeus.com/. O pastor Lázaro Moreira e sua equipe estarão cobrindo toda programação, assim quem não puder está presente poderá ouvir todo programa pela internet. O Talk Show também é filmado e disponibilizado no canal do YouTube: https://www.youtube.com/user/GospelMadeinBahia. Neste endereço também é possível acessar todas as edições que ocorreram em 2014 e as que serão realizadas em 2015.

 

SERVIÇO:

O quê: Gospel Made in Bahia com a Banda Conexão Kadma e Quarteto da Luz.

Onde: Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi (Espaço Glauber Rocha) – Salvador /BA.

Quando: Dia 06 de junho (sábado), às 18h.

Entrada: Gratuita. 

Informações: (71) 8122-7231

 

Quarteto da Luz

É Real  https://www.youtube.com/watch?v=oY6cg8XZjlM

Banda Kadma

Encontro com Deus: https://www.youtube.com/watch?v=RYLiQbm6uu0

 

 



Escrito por Carlos Souza às 15h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




30 de março - Dia do Autor Baiano

Carlos Souza  

Jornalista

carlossouzamkt@hotmail.com

No dia 30 de março do ano 2000, a livraria Siciliano do Shopping Barra, em Salvador, realizou uma ação que merece ser resgatada e celebrada anualmente, por sua importante ação de valorização dos autores da Bahia. O escritor e educador Hugo Homem, o paraninfo do evento, relembra que por iniciativa de Magda França, gerente da loja na época, com o apoio de instituições como A Tarde, a Academia de Letras da Bahia e a Fundação Casa de Jorge Amado, foi instituído o dia 30 de março, como o Dia do Autor Baiano, em cerimônia que apresentou como patrono o jornalista Jorge Calmon, na ocasião, diretor do jornal A Tarde.  

Após a exposição da placa que inaugurou o Espaço do Autor Baiano - um ambiente especial criado na loja com a finalidade de agrupar e oferecer maior visibilidade aos livros de autores locais, figuras ilustres discursaram em homenagem aos escritores e a ação promocional da empresa. Esteve presente, além dos nomes já citados, o livreiro Oswaldo Siciliano, presidente da livraria, o escritor Cláudio Veiga, presidente da Academia de Letras da Bahia, a poetisa Myriam Fraga, diretora da Fundação Casa de Jorge Amado, além de muitos escritores e outras personalidades ligadas à cultura.

Em seu marcante discurso, o escritor Hugo Homem realçou a importância de uma data em que se pudessem homenagear os nossos escritores, aqueles que fazem da palavra escrita ofício, disseminando informações, emoções e diversão, e terminou sua fala numa feliz metáfora em que comparou a livraria a um templo: "A livraria é um lugar sagrado, um templo de meditação e transcendência, onde impera o silêncio e circunvagam os pensamentos, onde o altar são as prateleiras e é o livro o objeto de adoração, tendo como sumo-sacerdote o leitor, que tanto pode elevar o escritor à condição de divindade, como arrojá-lo ao poço dos sacrifícios".

Sugerimos que as atuais livrarias existentes na cidade possam seguir o exemplo da antiga Siciliano e homenagear o escritor da Bahia, com um espaço de destaque, onde a literatura local possa ser facilmente encontrada pelos leitores.

 

Artigo publicado no Jornal Tribuna da Bahia. Salvador, segunda-feira, 30 março de 2015. Cidade – Página 13.

 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 18h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Moina Bartilotti lança livro de filosofia para o público infanto-juvenil

O Banquete de Platão, um texto filosófico escrito por volta de 385-380 a.C., que apresenta uma série de discursos sobre o amor, serviu de inspiração para a escritora Moina Bartilotti escrever o livro O Piquenique de Platão Tão-Tão – Uma versão livre e lúdica de “O Banquete” de Platão (Pimenta Malagueta Editora), que será lançado no dia 29 de novembro (sábado), a partir das 16 horas, na Livraria LDM, no Espaço Itaú de Cinema – Praça Castro Alves – Salvador/BA. A obra é uma viagem lúdica, um passeio livre pelo faz de conta, pela fantasia e imaginação. Um contato quase imperceptível com a filosofia. Algo que em nada lembram aqueles textos pesados e tradicionais.

O Piquenique de Platão Tão-Tão tem como proposta inserir crianças e adolescentes no universo da Filosofia Grega de Platão, de forma lúdica e divertida.  “O objetivo desse projeto é lançar uma sementinha, pincelar a ‘tela’ bem devagarzinho, estabelecer um primeiro contato bem suave. Uma forma de deixar a filosofia no universo infantil de uma maneira colorida, natural e simples”, escreve a autora na apresentação.

O livro é dividido em IX pequenos capítulos, mais um capítulo extra que expõe um resumo da história do verdadeiro Platão.  Tudo começa com um sonho de Platão Tão-Tão, que repentinamente se encontra em um lugar estranho e, como acontece em Alice no País das Maravilhas, um coelho o conduz para uma assembleia, na qual as diversas formas de amor estarão no centro das discussões. As personalidades da história original (O Banquete de Platão), Fedro, Pausânias, Erixímaco, Aristófanes, Agatão, Sócrates, Alcibíades e Diotima, emprestarão seus nomes aos personagens do livro, que vão surpreender os leitores com amores que estão dispostos a combater todo tipo de preconceito.  Além do amor, questões ligadas ao meio ambiente também aparece nos diálogos.

No prefácio, a editora Miriam de Sales Oliveira destaca que a ideia de Moina Bartilotti em trazer para o universo infantil a Filosofia  Grega de Platão foi, realmente, um achado, que só vai enriquecer  este mundo tão difícil de ser atingido que é o pensamento infanto-juvenil, nos dias de hoje muito voltado aos games e á literatura fantástica. “Escrever boas histórias para crianças não é tarefa  muito fácil; talvez seja mais difícil do que escrever para adultos, acreditem! Exige compreensão deste universo, paciência e, sobretudo, doação. Isto não falta á nossa jovem autora  além do talento  inato no trato com esses nossos leitores do futuro”, diz Miriam de Sales.

A autora - Moina Bartilotti é escritora, educadora e comunicóloga, com formação em Comunicação Social e pós-graduação em psicopedagogia. A paixão pela filosofia começou há alguns anos e, desde então, participou de alguns cursos nesta área. Logo quando iniciou sua “paquera” filosófica, quis trazer esse universo para junto das crianças, de maneira apropriada para elas. Há quem diga que filosofia é coisa apenas de gente grande. Será? Polêmicas à parte, o mundo filosófico é muito interessante e encantador. A filosofia provoca inquietação, curiosidade, questionamentos. Quanto mais cedo à criança desenvolver a capacidade de pensar, criticar, buscar, inventar, mais rápido irá ter consciência do papel importante que exerce enquanto indivíduo e agente transformador da sociedade. A sementinha já foi plantada, agora é só regá-la. O Piquenique de Platão Tão-Tão é o seu primeiro livro de tantos outros que serão publicados em breve.

 

Serviço:

 

O que: Lançamento do livro O Piquenique de Platão Tão-Tão – Uma versão livre e lúdica de “O Banquete” de Platão.

Onde: Livraria LDM, no Espaço Itaú de Cinema – Praça Castro Alves – Salvador/BA.

Quando: Dia 29 de novembro (sábado), a partir das 16h.

Entrada: Franca. Pimenta Malagueta Editora. Quantidade de páginas: 76. Valor: R$ 35,00

 

Contato: 71 – 3016-4338 / 3277-8600 / 8122-7231



Escrito por Carlos Souza às 00h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Grupo HarmusS encerra primeira temporada do Gospel Made in Bahia 2014


 

Iniciado em maio desse ano, o projeto Gospel Made in Bahia encerra sua primeira temporada no próximo dia 1º de novembro, às 19h, no espaço Glauber Rocha, da livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, com a participação especial do Grupo HarmusS, que tem mais de três décadas de louvor e adoração e promete fazer uma apresentação memorável. Na ocasião, além da entrevista que será concedida ao jornalista Carlos Souza Yeshua, o grupo ainda realizará um Pocket Show, com sessão de autógrafos do mais recente CD "Pela Glória que Virá", álbum lançado no último dia 27 de outubro, no Centro de Convenções da Bahia, quando também foi gravado o 2º DVD do grupo. A programação cultural é gratuita e aberta ao público.

“Acompanho a trajetória do Grupo HarmusS desde o final dos anos 90 e poder contar com essa presença ilustre no Gospel Made in Bahia é uma oportunidade única para conhecer mais de perto a trajetória desse grupo que soma 32 anos de carreira e merece toda nossa admiração, pela seriedade, talento e dedicação à música que apresenta uma mensagem de paz e transformação para a vida das  pessoas”, ressalta Carlos Souza, que em 1998, quando liderava o Grupo Primícias, da Assembleia de Deus da Paralela, tentou levar o Grupo HarmusS para uma festa de jovens, mas na época não foi possível.

Quem estiver fora de Salvador no dia do evento pode acompanhar o programa ao vivo pela Web Rádio Internacional IMECD, através do link: http://igrejamissionariaencontrocomdeus.com/. Assim como na edição de outubro, o pastor Lázaro Moreira e sua equipe da Web Rádio IMECD estarão cobrindo toda programação, para que ninguém fique de fora da última edição de 2014 do Gospel Made in Bahia, um projeto musical que tem a finalidade de adorar a Deus, além de apresentar aos soteropolitanos o trabalho dos artistas da música gospel da Bahia.  

O programa é gravado e disponibilidade no canal do YouTube: https://www.youtube.com/user/GospelMadeinBahia. Neste endereço também é possível acessar todas as edições que foram realizadas no decorrer de 2014: maio – Zandra Daiane; junho – Sheila Oliveira; julho – Banda Kalein; agosto – Gleide Dammas; Setembro – Banda Monte Sinai Roots; outubro – Banda Gênesis e novembro – Grupo HarmusS.

Grupo Harmuss - Fundado em 1982, a denominação HARMUSS, que significa “HARmonia e MÚSica ao Senhor”, começou seu ministério com um grupo de amigos que tinha a incansável vontade de passar para todos o amor de Jesus. Com o tempo, o grupo atingiu estrutura profissional e buscando novos ideais gravou em 1993 seu primeiro disco, “Exalte o Nome do Senhor”. O lançamento do segundo disco veio acontecer em 1996, “Esperança Real” firmando definitivamente o sucesso do grupo em todo o Brasil.

Em 1999 lançou seu terceiro disco “Só o Senhor é Deus”, atingindo repercussão internacional em 2000 quando recebeu o convite para participar da Conferência Geral, promovido pela Organização Mundial Adventista – Convenção Qüinqüenal da Igreja, em Toronto – Canadá. Nos meses de junho e julho de 2000, aproveitando a ida às Conferências no Canadá, o HarmusS fez 15 apresentações em diversas cidades dos Estados Unidos. Em 2003 lançou o 4º CD “Onde Ele For”. Em agosto de 2005, no Teatro ACBEU, o Grupo HarmusS gravou seu primeiro DVD “Você faz parte dessa história”.

 

SERVIÇO:

O quê: Gospel Made in Bahia com o Grupo HarmusS.

Onde: Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi (Espaço Glauber Rocha) – Salvador /BA.

Quando: Dia 01 de novembro (sábado), às 19h.

Entrada: Gratuita. 

Informações: (71) 8122-7231

 

Grupo HarmusS:

https://www.youtube.com/watch?v=STNtLX1bYok

 

 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 00h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Banda Gênesis no Gospel Made in Bahia de outubro

Na ocasião, a banda participa de um bate-papo musical com o jornalista Carlos Souza Yeshua.

 

O Talk Show Gospel Made in Bahia, que tem como missão abrir espaço para artistas do segmento evangélico, recebe no dia 4 de outubro (sábado), às 19h, no espaço Glauber Rocha da livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, a Banda Gênesis, da cidade de Simões Filho – BA. O grupo tem oito anos e um estilo musical que passa pela adoração, axé, pagode, pop rock e reggae. Atualmente trabalham em um EP com oito músicas, todas de autoria do vocalista/guitarrista/produtor André Conceição. A banda tem viajado pelo Brasil, onde já tocou em São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Norte, Ceará, Paraná e claro na Bahia.

Mensalmente o programa é gravado e disponibilizado em um canal do YouTube, onde as pessoas podem assistir todas as edições realizadas  através do link: https://www.youtube.com/user/GospelMadeinBahia. Nesta primeira temporada que vai até novembro, já participaram as cantoras Zandra Daiane, Sheila Oliveira, Banda Kalein (Cícero Dantas), Gleide Dammas e a Banda Monte Sinai Roots.  Na edição de novembro, que será realizada no dia 1º, às 19h, quem marca presença no Talk Show Gospel Made in Bahia é o Grupo Harmuss. Em cada edição, o convidado participa de um bate-papo musical com o jornalista Carlos Souza Yeshua.

Música Gospel – Com origem na música cristã dos negros americanos, a Música Gospel nasceu no início do século XX. Inicialmente era uma música harmoniosa diversificada em várias vozes (coral), um solista, piano, órgão, guitarra, bateria, baixo, formando um pequeno conjunto musical. Seu objetivo sempre foi promover a união entre Deus e os seus adoradores. Com sua expansão, a Música Gospel ultrapassou os limites da igreja Afro-americana e levantou voos, movimentando um rico mercado de milhões de dólares.

O Brasil também já descobriu o potencial da Música Gospel e vive um momento de pleno desenvolvimento.  A Associação Brasileira de Produtores de Discos destaca que atualmente o gospel é o segundo gênero musical mais consumido no país, perdendo apenas para o sertanejo. “A Bahia é celeiro de grandes artistas e sempre esteve na vanguarda dos movimentos musicais do Brasil, todavia o segmento Gospel ainda não encontrou o caminho do sucesso, uma vez que pouquíssimos nomes se destacaram nacionalmente”, observa o jornalista Carlos Souza Yeshua, o apresentador do Gospel Made in Bahia.  Yeshua assegura ainda que o projeto que coordena (Gospel Made in Bahia), mesmo sendo um pequeno evento, almeja contribuir com o crescimento e visibilidade da música que exalta o nome do Senhor Jesus.

 

SERVIÇO:

O quê: Gospel Made in Bahia com a Banda Gênesis

Onde: Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi (Espaço Glauber Rocha) – Salvador /BA.

Quando: Dia 04 de outubro (sábado), às 19h.

Entrada: Gratuita. 

Informações: (71) 8122-7231

 

Banda Gênesis:

http://palcomp3.com/genesisbahia/e-muito-bom-banda-genesis/

 

 

 



Escrito por Carlos Souza às 18h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




...

...



Escrito por Carlos Souza às 18h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Nordeste, SALVADOR, Homem, de 26 a 35 anos, Arte e cultura, Livros
MSN - 71 -8122-7231
Histórico
    Categorias
      Todas as Categorias
      Evento
      Citação
      Avaliação
    Outros sites
      UOL - O melhor conteúdo
      BOL - E-mail grátis
      Ganhe Dinheiro Navegando
      MEU CURRICULUM
      Rede da Memória Virtual Brasileira
      Memória Globo
    Votação
      Dê uma nota para meu blog


    Cursos Online com Certificado - Portal de Cursos Rapidos
    Cursos Online
    Cursos Online com Certificado - Portal de Cursos Rapidos
    Cursos Online
    Cursos Online na Área de Comunicação e Marketing
    Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa

    Cursos 24 Horas

    Cursos Online na Área de Comunicação e Marketing

    Cursos Online 24 Horas
    Cursos Online com Certificado - Portal de Cursos Rapidos
    Cursos Online